Project name:

O Livro da Lei

Project description:

O título completo (técnico) do Livro é

Liber AL vel Legis

sub figurâ CCXX
como entregue por XCIII = 418 para DCLXVI

O Livro da Lei

O título completo (técnico) do manuscrito do Livro é

AL (Liber Legis)

O Livro da Lei
sub figurâ XXXI

como entregue por 93 – עויז – ΑιϜασς – 418 para Ankh-af-na-Khonsu – O Sacerdote dos Príncipes תריון – ΤΟ ΜΕΓΑ ΘΗΡΙΟΝ

O movimento conhecido como Thelema foi estabelecido com a escritura de O Livro da Lei. Este Livro foi ditado a Aleister Crowley no Cairo, Egito, no ano de 1904. É formado por três capítulos totalizando 220 versículos (referenciados normalmente como AL C:v, onde C é o capítulo e v o versículo), cada qual escrito no período de uma hora, começando ao meio-dia, dos dias 08, 09 e 10 de abril. Segundo Crowley, o autor foi uma entidade espiritual elevada denominada Aiwass, a qual posteriormente ele identificou como sendo seu próprio Sagrado Anjo Guardião. Os ensinamentos contidos nesse curto Livro são claramente expressos na Lei de Thelema, sintetizada nestas duas frases:

  • “Faze o que tu queres será o todo da Lei” (AL I:40) e
  • “Amor é a lei, amor sob vontade” (AL I:57)

A interpretação deste Livro é considerada uma questão estritamente individual. A colocação de ideias pessoais acerca do Livro ou seu conteúdo é fortemente desencorajada para que não se criem dogmas ou interpretações oficiais sobre ele. Ainda que Crowley tenha expressado o desejo de ver a Lei de Thelema promulgada em todas as áreas da sociedade, o sucesso desta promulgação baseia-se mais no exemplo pessoal de cada thelemita, levando a que outras pessoas considerem aquela filosofia de vida como válida para si mesmas, assim adotando-a, do que pela evangelização ou tentativas de conversão. Como se diz no próprio Livro, “O sucesso é a tua prova: não argumentes, não convertas; não fales demasiado!” (AL III:42)

É também proibida qualquer alteração, redução ou inclusão de trechos em Liber AL vel Legis, devendo ser mantida intacta sua estrutura, texto e mesmo o estilo de escrita. Todas as edições devem, também, trazer incluso o fac-símile do manuscrito original e, se possível, as traduções devem ter presente também o texto original em inglês. Isso é feito para evitar que interpretações pessoais subvertam o conteúdo do Livro.


ico-Texto-Original Leia o texto original →         ico-Texto-Original Leia o manuscrito →          ico-Texto-Traduzido Leia o texto traduzido

About O.T.O. - Brasil

Ordo Templi Orientis - Representação Brasileira