O Calendário Thelêmico

O calendário thelêmico é contado a partir do ano de 1904 e.v., na ocasião do recebimento do Livro da Lei.

O ano novo thelêmico ocorre no dia 20 de março do calendário comum, dia em que ocorre, no Hemisfério Sul, o Equinócio de Outono. Nesta data é também celebrada a festa para o Equinócio dos Deuses.

O calendário thelemita conta a passagem dos anos prioritariamente por ciclos de 22 anos, associados ao número dos Arcanos Maiores do tarô. O número secundário, escrito em minúsculas, dá o número de anos dentro do ciclo atual. Assim sendo, o ano de 2010, por exemplo, corresponde ao Anno IV:xviii. Isto é: desde 1904 e.v., passaram–se 4 ciclos de 22 anos, mais 18 anos, desde o ano de escrita do Liber AL. O Anno de 2010 e.v., deste modo, poderia ser lido após o Equinócio de Outono como estando no ciclo do Imperador e no ano da Lua.

Sempre que uma data seja fornecida no calendário vulgar, a abreviação "e.v." marca "era vulgaris", enquanto no calendário thelêmico utiliza–se "e.n.", representando a "era novis", ou nova era.

Outro modo de os thelemitas calcularem o tempo é usando a Astrologia, considerando a influência dos planetas e a posição do Sol e da Lua no zodíaco. Os dias da semana podem ser dados dessa maneira:

  • Dies Solis (Dia do Sol) - Domingo
  • Dies Lunae (Dia da Lua) - Segunda-feira
  • Dies Martis (Dia de Marte) - Terça-feira
  • Dies Mercurii (Dia de Mercúrio) - Quarta-feira
  • Dies Jovis (Dia de Júpiter) - Quinta-feira
  • Dies Veneris (Dia de Vênus) - Sexta-feira
  • Dies Saturnis (Dia de Saturno) - Sábado

O cálculo astrológico pode ser fornecido com mais precisão, se fornecidos tanto o dia da semana quanto o número de graus, minutos e segundos da posição do Sol e da Lua, mapeando–os astrologicamente.

Serviço de Data thelêmica informa que a data thelêmica atual é: Data Thelemica